sábado, dezembro 23, 2006

O mal que a Suzana Vieira faz a algumas mulheres


Não gosto muito de postar sobre a vida de celebridades. Aliás não gosto de postar sobre a vida de ninguém. Nem da minha. Mas trabalho com uma mulher na faixa dos sessenta que cortou os cabelos igual a Suzana Vieira. Fez plástica, colocou botox e se submeteu a uma cirurgia de redução de estômago "só para poder botar biquini no verão e ficar igual a minha musa." Depois desta operação de guerra estética, ela vive chegando perto dos outros e comentando: "Fulana, você deveria fazer peelling (é assim mesmo que se escreve?). Sua pele está horrível", "Fulano, não leve a mal, mas você está engordando.", "Fulana, sua barriga está enorme!"
Esta senhora mora em frente à praia, mas nem pisa na areia, pois tem medo que o sol estrague sua pele. Confessa que passa fome, ao seguir uma dieta rigorosa. Não sai à noite para poder dormir bastante "pois faz bem à pele". Deixou de correr, uma de suas paixões, "porque disseram que envelhece." Confessa que está ansiosa para arranjar parceiros sexuais - embora seja casada. "Quando viajo, só falto colocar uma placa dizendo: Estou em Liquidação." E confessa também que sente inveja da juventude da própria filha.
O exemplo desta senhora pode ser considerado um exagero, mas não está muito distante do de muitas outras mulheres em sua faixa etária. O que essas mulheres têm em comum é a atriz global Suzana Vieira como exemplo de que a juventude pode ser eterna. Para elas a Suzana é a grande esperança.
Este post não é contra Suzana Vieira, que, por sinal, considero uma grande atriz. Mas é contra a imagem vendida por ela de mulher impetuosa, gostosa, alegre, enérgica, jovem e radiante. Milhares de mulheres querem ser Suzana Vieira, sem se darem conta de que Suzana Vieira é uma só, de que a atriz é constituída de determinadas características pessoais e físicas, que a tornam única. Além do mais, estamos falando de uma atriz, de uma pessoa que precisa cuidar da aparência por uma questão profissional.
Nunca conheci Suzana Vieira pessoalmente, mas conheço algumas pessoas que tiveram contato com ela. Todas garantem que a mulher é um furacão. Só que esse furacão já foi um Katrina e hoje está caminhando naturalmente para se transformar numa tormenta tropical. Não há nada que ela e nem as suas discípulas possam fazer em relação a isso, a não ser amenizar os efeitos da decadência física.
Sempre achei que todos os seres humanos têm a obrigação de cuidar de si o melhor possível. Mesmo na velhice. Mas temos que aceitar o fato de que estamos ficando velhos. Isso traz serenidade, charme e outro tipo de beleza. E não impede de envelhecermos da melhor forma que pudermos. Acho que essas mulheres fariam um grande favor a si mesmas se esquecessem da Suzana Vieira, relaxassem e procurassem apenas estar bem e felizes.

22 Comments:

Anonymous Bruna said...

Oi Julio,

Concordo integralmente com seu post.
Na Suzana sobra tudo, menos aquele plá do ridículo. E ela ainda se queixa de ter caido numa roubada ....

Beijos

terça-feira, dezembro 26, 2006 2:09:00 PM  
Blogger sub rosa said...

Júlio,
vc não acha que existe uma "contradição em termos" no seu post, ou então eu li mal, o que acho mais provável.
Ora, se todos que conhecem a Suzana Vieira dizem que ela é realmente "assim" como você a descreveu, então ela não *VENDE* essa imagem, pois ela é assim e É ÚNICA.
=====
Bem, se não for uma "contraditio
in terminus
" meu radar estar falhando.
Deve ser a idade:-))))

Um beijinho que deixo pra vc, concordando que existem umas loucas que querem a todo custo deter o tempo, mas que já são bastande grandinhas ou velhinhas, para decidirem por si mesmo a vida delas.

---
P.S.
Adorei seu blog e agradeço as suas visitas ilustres ao sub rosinha.
E ao ler seu resumé, fiquei intimidada.
Parabéns e
beijocas da
Meg

terça-feira, dezembro 26, 2006 3:46:00 PM  
Blogger Julio Cesar Corrêa said...

Meg, o negócio é o seguinte, a Suzana parece lutar bravamente para manter a imagem de Katrina. Mas ela está mais para ciclone tropical, o que não é pouco. Acho muito difícil alguém na faixa dos sessenta ainda ser tao jovem quanto era aos 30. Ela parece vender essa imagem, sim. A imagem de quem não está envelhecendo. Mas como eu disse, não a conheço pessoalmente e posso estar errado. Daí um monte de mulheres que não aceitam a idéia de envelhecer, parecem encarar a máxima de que uma mentira repetida com convição por muitas vezes, vira verdade.
Valeu pela visita
bjs

terça-feira, dezembro 26, 2006 3:55:00 PM  
Anonymous Maitê said...

cLAP, CLAP, CLAP.

ótimo texto. Tenho pavor dessas pessoas com crise de aceitação, que arranjam modelos e ainda ficam pentelhando a vida alheia de todo mundo. Minha irmã é meio assim. Sempre se acha um defeito. Sempre quer fazer um tratamento estético. É muito deprimente. Eu sei que eu sou jovem ainda. Mas é triste essa corrida contra algo que nunca será vencido. Abs

terça-feira, dezembro 26, 2006 5:16:00 PM  
Anonymous Osimar Medeiros said...

Acho esse lance de viver escravo de ideais estéticos uma grande bobagem. A pessoa vive mais. Mas vive melhor? Passando fome, deixando de aproveitar as coisas boas da vida? Vive melhor porra nenhuma.
Abraço, cabra!

terça-feira, dezembro 26, 2006 11:43:00 PM  
Anonymous cilene said...

e dificil aceitar a velhice, mas acho que a Suzana nao precisa mais ficar provando a todo tempo que e um furacao...fez uma pessima escolha dessa vez..deveria ter ficado com alguem do meio dela , pelo menos

quarta-feira, dezembro 27, 2006 3:22:00 AM  
Anonymous DO said...

Parabens JULIO!
Um verdadeiro tapa na cara de muita gente. Ops,de muitas mulheres.
Nem preciso comentar nada,pois ,desde o inicio,achava que o exemplo dela não seria bom.
Abraços!

quarta-feira, dezembro 27, 2006 1:04:00 PM  
Blogger Jéssica said...

Assino e ratifico teu texto. Ela é a minha atriz preferida, mas eu acho a sua pessoa ridícula. Representando, uma deusa cada vez mais em ascenção, como mulher q a todo custo se ecusa envelhecer, uma deusa em decadência. Tenho pena pois sei q ela não é assim o tempo todo. Há de ter uma hora em q ela fica sozinha consigo mesma e aí meu caro amigo, é q é... Duvido q ela sorria e se ache mesmo td isso q passa na imagem q vende. E se quer saber, concordo, a escolha do atual marido foi das piores, prova da sua incompetência como mulher. Enfim, ela é ela... e cada um com seus problemas. Li certza vez num livro 'envelheça sorrindo'. penso q tem muitas 'suzanas' por aí rindod e si próprias, isto sim... Beijos, beijos e mais beijos*.*

quarta-feira, dezembro 27, 2006 1:54:00 PM  
Blogger milton toshiba said...

Sei lá, apesar das turbinadas, a realidade deve ser outra no dia a dia, sem maquiagens....O cara foi com a turma dele.

Bom 2007 Julio!

quarta-feira, dezembro 27, 2006 5:53:00 PM  
Blogger Davi Gustavo Matias said...

Este comentário foi removido por um administrador do blog.

quarta-feira, dezembro 27, 2006 7:00:00 PM  
Blogger Davi Gustavo Matias said...

Este comentário foi removido por um administrador do blog.

quarta-feira, dezembro 27, 2006 7:00:00 PM  
Blogger Davi Gustavo Matias said...

Grande texto! Aliás, fico a pensar se é nesse mundo superestetizado que habitarão nossos filhos! É bem verdade que o modo de cada um perceber o mundo está sendo pouco a pouco "adestrado" por uma doutrina da saúde e estética perfeita!!!

Ainda acho que os defeitos e vicissitudes do homem fazem parte da essência daquilo que ele é!!!

Anyway... isso faz parte da transformação humana!

Bom post, um grande abraço!!!

quarta-feira, dezembro 27, 2006 7:07:00 PM  
Anonymous Daniela Mann said...

Um excelente texto! Os anos passam e nada podemos contra o tempo. Se a beleza se torna obcessão, a pessoa vive infeliz com tantas restrições e afinal, o que importa é ser feliz, mesmo com rugas!
Beijinhos
______0___o__o__o0_0__o_o__0
_____0___o__o_o__0_0__o___o__0
____0_o___o___o__0_0___o___o__0
____00o0000o00o0o0_0o00o00oo0oo0
___o00o0o00000o000_00o0o00o0o00o0
___00000o000o000o0_000o000o0000o0
___0o00oo00o0o00o0__0000o0o0o00o00
___0o0o00000o00o0___000o0o0o0o0o00
____0o0o0000o0o0_____000o0o00o00o0
_____0000o0000________ 00o000o000
______0000000___________0000000
________00__________________00
_______00____________________00
______00______________________00
_____00_______TIM_TIM__________00
____00___FELIZ 2007______ _____ ___00
_000000________________________000000

quarta-feira, dezembro 27, 2006 7:31:00 PM  
Blogger Vera Fróes said...

Júlio, gosto da Suzana sem endeusá-la. Acho que ela tem suas qualidades sim porque ela nunca pregou fazer dietas rigorosas como outras esquálidas fazem. Ela sempre representou aquele pessoa que se está com vontade de comer alguma coisa, come. Não passa fome em função da estética. Mas como todas que se acham jovens ainda, acabam se interessando por homens mais novos. E, aí...pode se dar mal!
Agora essas mulheres que vivem fazendo lipo e tudo mais e depois só sabe achar defeitos nos outros, só mandando...plantar batatas...rssss.
Detesto pessoas que vivem de fazer plásticas, geralmente são fúteis.

Bjos.

quarta-feira, dezembro 27, 2006 8:10:00 PM  
Blogger HanneBaby said...

é impressionante como as pessoas deixam de vivver o que gostam para passar a vida inteira preparando-se para ficar"bem' para viver tais momentos, e algumas vezes nem conseguem chegar lá...

Bom texto, faz-nos refletir sobre o que realmente tem valor na vida!

Abração, e um 2007 bem produtivo!

quinta-feira, dezembro 28, 2006 8:35:00 PM  
Anonymous Mônica Montone said...

O medo de envelhecer está deixando as pessoas velhas, veja que paradoxo interessante,kkkk

beijos, querido Julio!!!

MM

sexta-feira, dezembro 29, 2006 12:03:00 AM  
Blogger Marcia said...

Belíssimo post Julio!Eu também conheço uma que esta caminhado para o mesmo caminho que essa sua amiga.

Feliz Ano Novo pra você :)

sexta-feira, dezembro 29, 2006 9:46:00 AM  
Anonymous Leila said...

Não discordo do que você afirma, apenas acho que não se trata de um problema individual. Nossa sociedade é que exclui as pessoas feias, velhas, pobres, etc. A corrida das mulheres atrás da beleza e da eterna juventude é apenas a ponta do iceberg. Envelhecer, ser jovem mas feia, sem peito ou sem bunda, ser dura, sem grana, ser gorda ou sei lá, tudo o que você imaginar como destoante do padrão que nos é imposto diariamente por todas as portas e janelas da comunicação, são pecados quase todos punidos com solidão e desamor. Todos queremos ser amados. Acho que nossa sociedade é que está doente.

domingo, dezembro 31, 2006 8:03:00 AM  
Anonymous Viva said...

Creio que a Suzana é apenas um símbolo da nossa sociedde atual que suprevaloriza a beleza e a juventude eterna. Conheço várias jovens senhoras que não vão a festas para não engordar (!), gastam fortunas com dermatologistas e esteticistas e, ainda assim, são infelizes... Considero importante cuidar do corpo mas da cabeça também.

domingo, dezembro 31, 2006 2:30:00 PM  
Anonymous Rogério said...

e í, julião!só penso q faltu nesse post a madonna. Ela é mesmo, como diria os gays, a rainha. Principalemente nesse ponto q vc abordou aqui.

abração rapá.

quinta-feira, janeiro 04, 2007 12:12:00 AM  
Blogger cleuza said...

Adoro Suzana, ela é o que é, assim como Jesus disse "Eu Sou". E pronto, doa a quem doer. Doi por ser verdadeira. não existe mulher assuida como ela, Talvez, um pouco menos Sofia Lorem.Pouco sabemo dela porque não mora no Brasil. Gente, viva a Suzana vieira!! Te amo.

domingo, abril 10, 2011 3:54:00 PM  
Blogger Nilda Marques said...

As atrizes devem diminuir as plásticas pois lhe tiram a expressão. Hoje vi Gloria Menezes ela está uma garotinha. Por que tanta plástica?

quinta-feira, agosto 30, 2012 6:37:00 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home