terça-feira, dezembro 12, 2006

Palavras


Recentemente, num evento literário, aqui no Rio, ainda nas comemorações dos 30 anos de lançamento do seu Poema Sujo, uma obra escrita no exílio, em Buenos Aires, e hoje considerada revolucionária, Ferreira Gullar, ao discrusar, disse a seguinte frase:
"Eu não quero ter razão. Eu quero ser feliz."
E foi muito aplaudido.
Talvez o Ferreira, levado pela emoção do momento, não tenha se dado conta da profundidade das suas palavras. E o perigo embutido nela.
Eu sou um imbecil que não sei ser feliz sem ter razão, embora muitas vezes abra mão de alguns direitos para não ter a minha paz perturbada. Sou da paz. Se alguém me corta no trânsito ou me dá um esbarrão na rua, não vou brigar por isso. Mas tive uma ótima educação e acredito nas leis do universo, aquela que diz que todo mal que você faz...
Quero ser feliz, por merecimento, fazendo o que acho certo. Isso pra mim é felicidade, o resto é ilusão.
Será que sou mais imbecil do que imaginava?
Mandem bala!

Não adianta! O trabalho voltou a me ocupar e estou um pouco distante daqui. Tenham paciência!

12 Comments:

Anonymous Daniel Lopes said...

o trabalho dignifica o ócio...

quarta-feira, dezembro 13, 2006 2:33:00 PM  
Anonymous Mônica Montone said...

Somos igualmente imbecis se essa for a definição de imbecilidade, Julio, rs*...

beijos, querido

MM

quarta-feira, dezembro 13, 2006 3:50:00 PM  
Anonymous Osimar Medeiros said...

Meu, felicidade é felicidade. Razão é razão e como diria Lúcio Flávio, são água e óleo, não se misturam.

O próprio Cristo não disse: se alguém te bate, vira a outra face?

Gullar tava com a razão mesmo!

quarta-feira, dezembro 13, 2006 7:10:00 PM  
Blogger HanneBaby said...

Olá, Julio!
Concordo sim com o que vc disse, realmente não há felicidade que dure se for contruida sobre falsos alicerces...Porém entendo também o que F.G. quis dizer...

Obrigada pela visita ao "Trocando em miúdos", será uma honra tê-lo "ancorado" por lá!

Vou terminar logo a série para poder voltar com meus textos normais. e falando ná série, Logo a Marisa, é das minhas prediletas...

Grande abraço

quarta-feira, dezembro 13, 2006 11:06:00 PM  
Anonymous Pips said...

Eu sou feliz, sem alguma razão. Porém criar uma razão (especifica que seja) para ser feliz é um passo para infelicidade.

quinta-feira, dezembro 14, 2006 8:33:00 AM  
Anonymous Bruna said...

OI Júlio,

acho que você está certo quanto às suas posições, mas o FGullar não disse a frase na contramão do que você argumentou. Penso eu, mas como tudo muda neste mundo.....hay que refletir.

Beijos

quinta-feira, dezembro 14, 2006 9:08:00 AM  
Blogger Yvonne said...

Eu também prefiro ser feliz. Certeza absoluta é bom, mas não traz alegrias. Beijocas

quinta-feira, dezembro 14, 2006 9:36:00 AM  
Blogger milton toshiba said...

Sou leitor assíduo de sua coluna dominical, na Folha. Quero o livro "Resmungos", comas coletâneas e as ilustrações do Antonio Henrique Amaral.

Acho que hoje não tenho mais me preocupado com as pequenas coisas.

Abs

quinta-feira, dezembro 14, 2006 1:24:00 PM  
Blogger Duda Bandit said...

se você for imbecil eu também gostaria de ser...

abração,

saulo.

6º edição da Arte de Odiar? caramba! vou fazer uma busca pela internet e tentar achar no estante virtual, se não conseguir te mando um recado para pegar o e-book mesmo, é que eu gostaria de ler seu texto em livro mesmo, liga não, é um purismo idiota que sobrevive em mim... tenho paixão pelo livro papel. fiz agora algumas pesquisas e achei pela antiga editora Arte Nova e pela Bagatelas. tenho pistas...

abração.

quinta-feira, dezembro 14, 2006 6:25:00 PM  
Anonymous Anônimo said...

Perde-se muito tempo procurando razão pra ser feliz, ou justificando a infelicidade.

A felicidade foi embora e ninguém viu!!

Bom trabalho!! Beijus

sexta-feira, dezembro 15, 2006 5:12:00 PM  
Anonymous Maitê said...

Eu sou da opinião que nós homens não nascemos para sermos felizes. Só para sobreviver. Abs

sexta-feira, dezembro 15, 2006 8:28:00 PM  
Anonymous cilene said...

trabalho no fim de ano e dose...mas estou estou aproveitando o dia de hoje para desejar um Feliz Natal e super 2007 ; obrigada por fazer parte da minha vida atraves do meu blog..

sábado, dezembro 16, 2006 4:20:00 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home