quinta-feira, dezembro 07, 2006

Wait Until Tomorrow


Mais uma aventura do Lacerda, o detetive do meu romance policial A Arte de Odiar.

17 Comments:

Anonymous DO said...

Este seu romance é leitura obrigatoria,JULIO.
Abração e uma otima semana à vc.

segunda-feira, dezembro 11, 2006 9:39:00 AM  
Anonymous Mônica Montone said...

"Tu não vale a calcinha que usa" foi boa, rs*.... Me lembrou as moças que exibem a perereca por aí, tipo Galisteus e Lumas, rs*...

beijocas e boa semana, querido Julio

MM

segunda-feira, dezembro 11, 2006 11:37:00 AM  
Anonymous cilene said...

Se a historia nao fosse tao tragica..tao triste, diria que uma boa historia

segunda-feira, dezembro 11, 2006 3:17:00 PM  
Blogger Duda Bandit said...

Lacerda, um grande abraço, bicho... eu faria a mesma coisa que você, cara. pô, usar o Lacerdão numa vingancinha suja dessas... quanto ao relato, adoro essa decadência elegante... quanto ao livro: posso esperar até amanhã também, mas tô doido pra ter essa munição antes das férias de janeiro... Vou pegar estrada de moto e já reservei um lugar pra ele na bagagem.

segunda-feira, dezembro 11, 2006 6:47:00 PM  
Blogger Ane Brasil said...

UAU! Rapá, que troço bom. Um chute nos peitos!
Sorte e saúde pra todos!

terça-feira, dezembro 12, 2006 8:24:00 AM  
Blogger Yvonne said...

MARAVILHOSO!!! Vou querer comprar o livro. Beijocas

terça-feira, dezembro 12, 2006 11:31:00 AM  
Blogger Thiago Luz Raft said...

Cacete... Vida real. Assim mesmo. Sem tirar nem por... Muito bom.

terça-feira, dezembro 12, 2006 11:53:00 AM  
Anonymous Osimar Medeiros said...

Caralho maluco, muito foda. Tá parecendo o Rosalvo do Agosto.

Abraço!

terça-feira, dezembro 12, 2006 4:06:00 PM  
Anonymous marconi leal said...

Ué? Pensei que já tinha comentado aqui! Em todo caso, redigo: muito bom, Julio. Muito, muito bom. Abração!

terça-feira, dezembro 12, 2006 5:21:00 PM  
Anonymous Anônimo said...

Eu conheço essa história!! Querendo dizer, essa história do Lacerda! (rs*)
Beijus

terça-feira, dezembro 12, 2006 5:58:00 PM  
Blogger Jôka P. said...

O Lacerda é da turma do Rosalvo, né ?!
Gosto de cenas de sexo explícito.
Abç!

quarta-feira, dezembro 13, 2006 12:12:00 AM  
Anonymous Thulio said...

Muito bom o texto.
A mulher tem que ser muito ruim mesmo para dar um Boa Noite Cinderela para o filho.
Você já tem livro publicado ou é e-book?
Te espero lá no meu blog.
Grande abraço e um óimo dia.

quarta-feira, dezembro 13, 2006 12:21:00 AM  
Blogger Jéssica said...

Se é q ela usa calcinha, né?...rs...
Eita 'causo' mais danado, sô...rs...
Beijos e beijos procê*.*

quarta-feira, dezembro 13, 2006 8:23:00 AM  
Blogger Vera Fróes said...

O submundo das drogas e da prostituição é uma barra, nem forçando consigo imaginar como as pessoas se deixam levar, quando sabem que dificilmente tem volta!

Bjos.

quarta-feira, dezembro 13, 2006 9:15:00 AM  
Blogger milton toshiba said...

Está ficando cada vez mais interessante!

Abs

quarta-feira, dezembro 13, 2006 10:03:00 AM  
Anonymous Luiza Voll said...

Adorei!

sexta-feira, dezembro 22, 2006 2:46:00 PM  
Blogger Antonio Diamantino Neto said...

Sei lá! Meu caro, parece que o Lacerda consegue transmutar o conceito de gênero policial em algo muito mais sublime.É agora Edgar Allan Poe, Sir. Arthur Conan Doyle e Julio César Corrêa. Gostei e gostei muito. Um abraço!

sábado, fevereiro 24, 2007 3:57:00 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home