sexta-feira, junho 29, 2007

Frases que a gente lê ou ouve por aí - V

Brando no cartaz da peça, que alavancou sua carreira.



"Eu sempre dependi da gentileza de estranhos."





Porque neste ano, mais precisamente em 3 de dezembro, o teatro mundial comemorará os 60 anos deste que foi um dos maiores clássicos do teatro moderno de todos os tempos. Isso mesmo, Um Bonde Chamado Desejo, estreava na Broadway em 2/12/47 e o teatro nunca mais foi o mesmo. Tennessee Williams, falecido em abril de 1983, foi o meu dramaturgo preferido e sua Blanche Dubois, um dos papéis mais difíceis do teatro mundial. Seria interpretado belissimamente nas telas pela Vivien Leigh quatro anos depois. E é dessa personagem inesquecível a frase acima, que, talvez depois do "Ser ou não ser...?", do Hammlet, de Shakespeare, seja a frase mais badalada da terceira arte. E até hoje nos toca. Pois quem nunca dependeu, pelo menos uma vez?


Outras frases marcantes nesta obra do Tennessee, um mestre dos diálogos:


"Ah, o desejo! Esse bonde correndo barulhento pelas ruas estreitas!"


"Mulher direita? Uma régua pode ser direita. Uma rua pode ser direita, mas o coração humano..."


"Às vezes, Deus age tão rápido."


"Desejo, o oposto da morte."

Marcadores:

Links to this post:

Criar um link

<< Home